15 Dicas como cuidar de Orquídeas

Saber como cuidar de orquídeas além de ser prazeroso e uma excelente forma de lazer, afinal as orquídeas encantam a nossa vida.

Suas flores e formatos não tem igual.

Sua presença torna qualquer ambiente mais feliz, mais harmonioso e decorativo.

As 15 dicas a seguir, torna mais fácil aprender…

Como cuidar de Orquídeas

1- Compre sua orquídea de produtores Regulamentados

Ajude a preservar o meio ambiente, evitando comprar a sua orquídea de pessoas que as coletam nas matas.

De preferência a empresas produtoras (orquidários).

2- Conheça a sua orquídea

Quando adquirir a sua orquídea, anote o nome da espécie em uma plaquinha.

Se você tiver inúmeras orquídeas, outra dica é identificá-las por números e anotar em um caderno.

Anote também as datas de adubação e períodos de floração.

3- Prefira plantas adaptadas a sua região.

Plantas adaptadas ou oriundas da sua região são mais fáceis de cuidar e apresentam menos problemas de “saúde”.

curso de pompoarismo
Como ter Orgasmos Múltiplos e Intensos!

4- Quarentena

Quando adquirir ou ganhar uma orquídea nova para a sua coleção, procure mantê-la num ambiente separado das outras orquídeas por pelo menos 40 dias.

Observe a nova planta, se não observar nenhuma alteração, após este período mude-a para o local escolhido.

5- Sempre prefira vasos de barro

Os vasos de barro são porosos e drenam melhor a água evitando o apodrecimento das raízes e consequentemente a morte da orquídea.

O tamanho do vaso deve comportar a base da orquídea de tal forma que fique faltando dois dedos de altura até a borda do vaso.

6- Replantio da orquídea

Se a orquídea estiver transbordando do vaso ou o substrato estiver se despedaçando ou com mofo, será necessário replanta-la em um vaso maior.

É interessante replantar a orquídea quando estiver aparecendo os brotos ou novas raízes.

Os novos brotos são a parte da frente da orquídea e a parte posterior deverá ficar encostada no novo vaso.

Dieta de 21 dias - emagrecer com saúde
Dieta de 21 dias = Emagreça com Saúde.

7- Substratos

Ao replantar a orquídea acrescente pedras ou cacos de cerâmica embaixo e casca de pinus, xaxim ou fibra de coco em cima.

8- Irrigação da orquídea

É mais fácil a orquídea morrer por excesso do que por falta d’água.

Procure manter o vaso com umidade, porém sem excesso de água e sem pratinho debaixo do vaso.

9- Localização apropriada

Para a orquídea se desenvolver bem, ela precisa ficar em um local arejado e iluminado.

O local não pode ter correntes de vento muito fortes e iluminação direta do sol.

programa diabetes controlada sucos
Controle e Obtenha Melhor Qualidade de Vida.

10- Adubação das orquídeas

Utilize adubos foliares conforme as especificações da embalagem.

Esses adubos podem ser encontrados em supermercados ou no comércio especializado.

11- Poda em orquídeas

Sempre que precisar podar a sua orquídea, deve-se esterilizar a ferramenta de corte.

Isto pode ser feito utilizando a chama do fogão, espere esfriar antes de utilizar na orquídea.

Se for podar outra planta, deve-se repetir o processo de esterilização novamente, para evitar transferir doenças de uma planta para outra.

Para cicatrizar o corte, utilize canela em pó (cicatrizante natural).

12- Observe as suas orquídeas

As orquídeas podem apresentar sinais de que não estão bem.

Estes sinais podem ser a coloração das folhas, manchas, doenças e pragas (cochonilhas e pulgões).

13- Coloração das folhas

Se a folhagem estiver muito escura, é sinal da falta de luminosidade.

Se a folhagem estiver amarelada, é sinal de excesso de luz.

Em ambos os casos troque a orquídea de lugar.

14- Manchas na folhagem

Podem ser causados por fungos e podem ser tratados com a aplicação da calda de fumo.

15- Pragas

As pragas (cochonilhas e pulgões) podem ser eliminados das folhas com o uso de uma escova de dentes embebida na calda de fumo.

MeuTour os melhores hotéis e pousadas.
Confira Agora Os Melhores Hotéis e Pousadas!

Deixe um comentário